Saga A Seleção - Nova Colunista





Olá! Chamo-me “Flor de lis”, e sou uma leitora assídua, onde desde meus sete anos a magia literária tem me acompanhado como uma amiga, daquelas para quem corremos em busca de um refúgio, como quem foge da rotina e se perde em um novo mundo, e este mundo se torna não fantástico que não queremos mais sair.

Decidir usar esse pseudônomo, por que ainda não me sinto muito confortável com a ideia de me revelar tanto. Pois, acredito que a nossa escrita e as nossas atitudes revelam mais sobre nós do que qualquer outra coisa. Talvez, com o tempo, eu me deixe ser revelada, mas por enquanto, não.

Obs.: Tentarei não dá spoirlers, mas se por acaso aparecer algum, me perdoem.Por que realmente não tive intenção, uma vez que nem eu mesma gosto disso.



De inicio não irei falar de um livro apenas, mas de seis, já que ficaria muito extenso  resumi-los individualmente . Para quem já leu, talvez se identifique com o que vou falar, e para quem ainda não desfrutou destas obras, recomendo que leiam, pois é uma das séries que mais gosto. Sempre fui louca para ler os livros de A seleção. Em primeiro instante por que as capas eram tão lindas que talvez eu os comprasse só para enfeitar minha estante e por mais que eu saiba que não se deve julgar um livro pela capa, quando tenho que comprar uma obra que desconheço os autores, acabo comprando aqueles com as capas mais atrativas, e a sinopse também, é claro. Outro detalhe que gostei muito nos livros da Kiera Cass, é que as edições mais recentes, já vem com marcadores da capa do próprio livro na orelha de trás, e só precisamos recortar, o que seria muito legal se essa idéia fosse adotada por mais escritores.


Irei fazer um breve resumo sobre cada um dos seis livros que li. No primeiro livro A seleção, temos a história de uma garota  chamada America Singer, que se inscreve(mesmo sem querer) para participar da seleção, onde entre 35 garotas serão escolhidas para conquistar o príncipe e ganhar uma coroa como princesa, e futura rainha. 
Porém, America não almeja fazer parte da realeza, e muito menos se casar com um príncipe ou com qualquer outra pessoa, que não seja Aspen, com quem está em um namoro as escondidas.




No desenrolar da história America se torna uma das escolhidas, consequentemente passa a morar no castelo.no entanto, seu coração está além das muralhas, o que faz com que ela se sinta numa prisão, porém ela acabará descobrindo que conhecer o príncipe Maxon, faz tudo se tornar melhor. E por mais que seu coração ainda esteja totalmente ligado a Aspen, ela decide permanecer na competição pelo dinheiro que é entregue as famílias das participantes. Este é um ponto interessante no enredo da seleção, pois este livro retrata uma época futura, após a Quarta Guerra Mundial, e neste momento o mundo em que vivemos está se reestruturando numa base de governo monárquica com os povos divididos em castas, e America está em uma das piores, na cinco, e seu namorado na seis.


O número de garotas diminui a cada semana, até sobrar apenas cinco, formando assim A elite, o que dá inicio ao segundo livro, aqui nos deparamos com a confusão de sentimentos de América sobre o que ainda sente por Aspen, e o que começa a sentir por Maxon. No terceiro livro, Felizes para sempre, temos um livro de contos , com capítulos contados com a visão de alguns personagens da história, neste livro entendemos melhor, o que cada um deles estão sentindo no meio de tudo que está acontecendo. Este livro, ganhou uma nova edição e com isso veio o acréscimo de alguns contos.
No quarto livro, A escolha, Maxon convive com a inconstância dos sentimentos de America, e com as broncas do pai. 



E é aqui que a história de America,Maxon e Aspen, sai de cena de forma direta, para que a história de Eadlyn apareça no quinto livro A herdeira, e como o próprio nome já diz, neste livro temos a história de uma garota mimada que está acostumada a ter todos ao seu dispor, no entanto Eadlyn se vê tendo sua própria seleção onde 35 garotos disputarão pelo seu coração e pela coroa. Até terminar A coroa, o leitor consegue sentir o processo de amadurecimento da princesa e agora rainha, e se encantar com o amor que surge nesse processo. Dessa forma, posso concluir que essa série é apaixonante e leve. Que nos proporciona uma visão confusa, encantadora e racional sobre o amor.
#RECOMENDOMUITO
Tecnologia do Blogger.